A instalação do sistema de energia solar fotovoltaico é um processo simples e rápido de se realizar. Porém, apesar de ser considerada uma tarefa fácil, ela deve ser tratada de maneira séria. O plano de instalação deve ser seguido de forma exata, para que assim possa se oferecer aos clientes a segurança e a veracidade que a eletricidade será produzida corretamente através da irradiação do sol.

A estrutura necessária para geração de energia deve ser fixada corretamente, sendo no telhado ou em determinada área no terreno da residência e/ou estabelecimento. Todo esse processo exige conhecimentos técnicos, por isso é importante que os profissionais responsáveis pela instalação do sistema fotovoltaico sejam capacitados para a realização desse serviço.

Está gostando do post? Então vem com a gente descobrir um pouco mais sobre esse assunto!

Como acontece a instalação de um sistema de energia solar fotovoltaico?

  1. Reconhecimento de local e planejamento do projeto:

O primeiro passo é simples: a empresa contratada para instalção deve fazer o reconhecimento do local e o planejamento do projeto – para saber se ele está apto para receber a estrutura do sistema de energia solar e para manter a integridade e segurança dos trabalhadores na hora da montagem. A lista a seguir é um compilado de informações primordiais que precisam ser levadas em conta:

  • A estrutura do telhado aguenta o peso das placas solares mais a estrutura de fixação, bem como os trabalhadores e seus equipamentos necessários durante a instalação?
  • Existem elementos frágeis do telhado? Como telhas de fibrocimento, clarabóias ou coisas do gênero que podem se quebrar durante uma instalação?
  • Sistema de fixação dos painéis solares. Como os suportes e trilhos serão montados e fixados?
  • Como os instaladores poderão subir no telhado, se movimentar e descer com segurança?
  • Como os equipamentos de instalação serão levados ao telhado e onde eles ficarão durante a instalação dos painéis solares?
  • Os instaladores dos painéis solares terão que trabalhar no telhado todo ou podem somente utilizar um lado?
  • Os instaladores foram treinados adequadamente para instalar painéis solares com segurança?
  • Que tipo de equipamento de segurança será usado para impedir a queda do telhado?
  • O que impedirá que um dos trabalhadores escorregue do telhado?
  • Como será lidado se o vento estiver muito forte e/ou estiver chovendo durante o dia da instalação?
  • Os instaladores terão que acessar a parte interna do telhado? Se sim, qual será a segurança deles dentro do telhado?
  • Como será impedido que um instalador caia através de um telhado?
  • Elabore e mantenha uma via de acesso segura para o ocupante / proprietário.
  • Mantenha um perímetro de segurança para manter as pessoas longe da área abaixo da instalação.
  • Proteja os acessos utilizados e a área ao redor da instalação de crianças.
  • Ao final da instalação dos painéis solares lembre-se de remover qualquer resto ou rebarba que tenha sobrado (ponta de trilhos de fixação e outros) que possa porventura machucar alguém após a instalação ter sido feita.
  1. Preparação do local:

Após a aprovação do projeto, é hora da preparação do local. Lembre-se, siga o planejamento à risca para que o seu trabalho tenha êxito total. A equipe qualificada precisa subir no telhado do imóvel ou ir até a área do terreno designada para delimitar a localização exara de cada peça, ou seja, os painéis solares.

  • Instalação dos suportes dos módulos solares:

Em caso de telhado inapropriado para o recebimento da placa, como os de barro, é feita a remoção das telhas nos locais onde os trilhos irão ser aplicados, sempre seguindo o projeto desenvolvido pelo profissional capacitado. Feito isso, os suportes serão fixados nesses locais demarcado, servindo de base para as placas solares. Já em telhados de metal, a instalação ocorre de uma maneira mais simples: os trilhos devem apenas serem parafusados nas telhas metálicas. Esse processo possibilita que não haja possíveis infiltrações nos telhados.

Figura 1 – Estrutura de fixação da Solar Group em telhado cerâmico.
  • Instalação dos trilhos:

Toda estrutura de fixação é pré-fabricadas e, geralmente, o material usado é o alumínio. Os trilhos devem ser encaixados perfeitamente em cada um dos suportes da etapa anterior – os módulos solares, formando o apoio ideal para que os painéis sejam presos.

  • Fixação das placas solares fotovoltaicas:

É necessário que haja a certificação da fixação dos trilhos antes que realizar essa etapa – que, diga-se de passagem, é uma das mais importantes. Se estiver tudo ok, é a hora da instalação dos painéis solares. Depois disso, os cabos são conectados. 

Os painéis solares, utilizados em instalações em residências e empresas são pesados e caros. Um painel solar padrão pode chegar até 19kg cada, portanto, é necessário planejar como eles serão levados ao local de instalação. Alguns pontos a considerar:

  • Nunca exceda a carga (peso) seguro de qualquer equipamento que você esteja usando para içar os painéis.
  • Verifique se a plataforma da qual você fará o içamento dos painéis suporta o peso dos trabalhadores e dos painéis juntos.
  • Se houver a possibilidade de levar partes separadas ao telhado e depois montar elas por lá, faça isso. Desta forma você reduz o peso durante o içamento das partes que compõe o sistema solar fotovoltaico.
  • Certifique-se que qualquer que seja o método utilizado para levar os painéis ao local de instalação, este não coloque os instaladores em risco.

Ligação dos módulos fotovoltaicos ao inversor solar:

Por fim, é hora de ligar os módulos fotovoltaicos ao inversor solar (O inversor de energia solar é um item essencial do kit de energia solar, com função de converter a energia elétrica gerada pelos painéis, de corrente contínua (CC) para corrente alternada (CA), além de garantir a segurança do sistema e medir a energia produzida pelos painéis solares). Essa parte é feita por um eletricista qualificado. Ele é o responsável por ligar o inversor solar à rede elétrica do imóvel do cliente. Dessa forma, o sistema fotovoltaico estará pronto para gerar energia elétrica limpa, ajudando do meio ambiente e o cliente – que terá sua “independência elétrica e economizará, imediatamente, nas próximas contas de luz.

Figura 2 – Montagem do inversor e string box cliente SALUZ Engenharia.

Cuidados necessários que devem ser tomados na realização da instalação:

  1. Verificação da incidência do sol:

Apesar do nome “placa solar” passar a ideia de que a produção de energia ocorre apenas em dias ensolarados, não é bem assim que acontece. Os painéis solares fotovoltaicos também convertem energia solar em dias nublados. Porém, é necessário que para que isso aconteça as placas sejam instaladas em um local onde haja um recebimento alto de incidência solar.

Portanto, antes da instalação do sistema, é essencial que haja uma análise da localização geográfica do imóvel. Assim, dá para fixar os painéis solares estrategicamente, fazendo com que o equipamento funcione de acordo com seu potencial máximo.

  • Conhecer as normas NR10 e NR35:

Se você atua nesse segmento, obrigatoriamente, precisa ter o conhecimento dessas normas. Ao seguir as regras e diretrizes especificadas, a sua segurança e de outras pessoas estará garantida.

NORMA REGULAMENTADORA 10 – NR 10 – SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE – Esta Norma Regulamentadora – NR estabelece os requisitos e condições mínimas de medidas de controle e sistemas preventivos, de forma que garante a segurança e a saúde dos trabalhadores que estão fazendo a instalação da parte elétrica do seu sistema fotovoltaico incluindo o inversor solar. (Leia na íntegra: http://www.guiatrabalhista.com.br/legislacao/nr/nr10.htm)

NORMA REGULAMENTADORA Nº 35 – NR 35 – TRABALHO EM ALTURA – Esta Norma estabelece os requisitos mínimos e as medidas de proteção para o trabalho em alturas, envolvendo o planejamento, a organização e a execução, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores durante a instalação de painéis solares em lugares altos. (Leia na íntegra: http://www.guiatrabalhista.com.br/legislacao/nr/nr35.htm)

  • Planejar a instalação pensando em uma manutenção futura e acesso seguro ao local de instalação dos painéis solares:
  • A instalação está sendo planejada deixando espaço para possíveis manutenções no telhado? Ex: como rufos, telhas de cumeeira e antenas poderão ser alcançadas após a instalação dos painéis solares?
  • Instalações maiores podem ter sistemas de proteção contra queda. Faça a manutenção regular necessária e mantenha ele em boa ordem. Somente os utilize se ele existir um registro das manutenções que foram feitas neste sistema.
  • Instale os interruptores e disjuntores de segurança de uma forma que eles possam ser acessados de uma forma rápida e segura.
  • Certifique-se de entregar ao cliente / proprietário os documentos e manuais de operação e manutenção do sistema fotovoltaico quando acabar a instalação.
  • Seja um profissional qualificado e especializado no assunto:

Para que você seja capaz de realizar a análise estrutural correta do imóvel, observando se a construção realmente tem uma infraestrutura adequada para fixação de um sistema de energia solar, é preciso ser um especialista no assunto.

Só um trabalhador que, de fato, estudou o tema, sabe como instalar os suportes, trilhos e módulos em cada tipo de telhado. Ele também consegue aferir a incidência de ventos, a circulação de ar e a área total da superfície. Todos esses detalhes são indispensáveis para que a eficiência do sistema não seja comprometida. Portanto, para evitar acidente, prejuízos e para que você tenha um excelente trabalho reconhecido, se especialize!

Gostou do nosso conteúdo? Compartilha com os amigos e segue a gente nas redes sociais para ficar ligado em mais assuntos: @saluz_engenharia!

Leave a Reply

Your email address will not be published.Required fields are marked *

WhatsApp chat